Neste blog

quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Mais uma tradição: Bolo de Nozes



Bati três claras em neve firme.


À 100g de manteiga, adicionei três xícaras de açúcar peneirado. Bati. Agreguei as três gemas e homogeneizei.




Adicionei uma xícara de leite e, aos poucos e em velocidade baixa, fui incorporando três xícaras de farinha de trigo especial e uma colher de sobremesa de fermento químico.


Assim que a massa ficou lisa, retirei da batedeira e incorporei as claras em neve, mexendo delicadamente para conservar o ar. Por último, coloquei uma xícara de nozes picadas rapidamente no processador. Utilizei uma forma de furo no meio com 24 cm na parte superior. Untei com manteiga e farinha e levei ao forno 200º por 50 minutos (ou até ficar dourado e as bordas desgrudarem).




Esse bolo cresce e não murcha.


Para o acabamento, derreti uma barra de chocolate (150g) meio amargo no microondas. Retirei e adicionei outra barra deixando-a derreter com o calor. Cobri o bolo, decorando com nozes.





Feliz Natal!












segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Resgatando Tradições


Quando minha irmã e eu éramos crianças minha mãe costumava fazer esta árvore de Natal, além da tradicional, não comestível. Resolvi recriá-la. 
Fui à Kalunga para comprar papel cartão, porém só havia pacotes de 10 unidades e eu precisava de somente uma folha... Comprei então o que achei de mais barato e resistente: caixa arquivo de papelão reciclado - R$ 1,90. 
Recortei, montei e revesti de fita adesiva para ficar mais lisa e aderente. Veja que não precisa ficar perfeitamente arredondada. Ah! Coloquei o papelão com os veios na vertical para aumentar a resistência.



Depois de montado o cone, comecei colando os bombons com durex. Não deu certo pois são muito pesados e não segurou (na verdade não é da Durex, é um alternativo hehehe). Decidi colocar fita dupla face em todo o cone. Funcionou. De vez em quando um cai aí, ou você come ou recoloca o bombom na árvore...




É possível fixar os bombons com alfinete, mas acho perigoso para crianças.

Varie o tipo de bombom para sofisticar, de acordo com a sua preferência.

Merry Sweet Christmas!



quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Cardápio Completo

Entradinha: Polvo ao Azeite de Alecrim e Gergelim


Prato Principal: Meca em Crosta de Ervas com Arroz Integral ao Açafrão e Cebola Roxa Caramelizada


Sobremesa: Doce de Banana com Queijo Cremoso e Canela


Brinquedo novo no pedaço então vamos à cozinha!
Resolvi experimentar pratos salgados na HomeCooker Jamie Oliver. Já havia feito doces de abóbora com côco e de banana com sucesso.

Para a entradinha usei dois tentáculos de polvo já cozidos que eu trouxe de Santos. Aqueci-os ligeiramente na manteiga e temperei-os com sal e pimenta. Deixei-os de molho no azeite de alecrim e gergelim e reservei.



Para o prato principal, cortei finamente duas cebolas roxas, adicionei duas colheres de manteiga e levei a HomeCooker a 175º por 20 minutos. Juntei então duas colheres de açúcar orgânico demerara e cozinhei por mais 15 minutos.

video

O Vídeo está propositadamente na vertical pois eu quiz mostrar o funcionamento e o painel da HomeCooker.

Enquanto as cebolas caramelizavam, preparei o peixe. Cortei duas postas de meca em tiras largas. Temperei-as com limão e sal. Preparei uma mistura de farinha de rosca, ervas finas, sal e pimenta. Empanei-as diretamente, sem usar ovo. Dispus numa forma untada com azeite e folhas de alecrim adicionando pequenas porções de manteiga.



Levei ao forno 200º por 15 minutos, até ficarem douradas.


A sobremesa foi o doce de banana com queijo cremoso e canela.


Sucesso!





sábado, 5 de dezembro de 2015

Torta Fácil de Frango com Requeijão


Na semana passada fiz uma coxinha sem massa e me empolguei, pois o recheio fica muito saboroso. Idéia para essa semana: torta fácil de frango com requeijão. 
Para a massa da torta, usei um pacote de bolacha de água com gergelim transformada em farinha no liquidificador. Agreguei 150g de manteiga gelada e amassei com as mãos até formar a massa. Forrei o fundo levantando levemente nas bordas. Levei ao forno para começar a assar. 

          

Na panela de pressão refoguei meia cebola no azeite e coloquei um peito de frango em cubos para selar. Adicionei meia xícara de água e tampei a panela. Após pegar pressão, contei 15 minutos.  Para desfiar? Chacoalha! 11 segundos foram suficientes.


video

** O video acima não aparece no iPad. **


Ao frango desfiado, agreguei duas colheres generosas de requijão e distribuí sobre a massa já assada. Cobri com mozzarela e queijo parmesão ralado. Levei ao forno para gratinar.

          


A massa ficou esfarelenta, se eu tivesse usado outro tipo de bolacha, com mais gordura, talvez ficasse melhor, mas eu preferi usar a mais saudável...